terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Autópsia confirma que Jackson tinha vitiligo e usava peruca

O relatório completo da autópsia realizada no corpo de Michael Jackson foi divulgado após o indiciamento do médico pessoal do cantor, na segunda-feira (8), por homicídio culposo. Seguem alguns destaques novos ou que chamam a atenção do relatório feito pelo instituto médico legal de Los Angeles sobre a morte de Jackson, em 25 de junho de 2009.

* Jackson morreu de "intoxicação aguda por propofol" administrado em grau equivalente ao que seria usado para anestesia em uma "cirurgia de grande porte". Um anestesiologista consultado disse que "não há relatos do uso do propofol para aliviar a insônia".

* Não estavam presentes no quarto de Jackson nenhum dos equipamentos recomendados de monitoramento, dosagem com precisão ou atendimento cardíaco emergencial.

* Jackson apresentava a doença cutânea vitiligo, apresentando manchas brancas especialmente no peito, abdome, rosto e braços.

* Os cabelos na cabeça de Jackson foram descritos inicialmente pela polícia como sendo "esparsos e ligados a uma peruca". A autópsia revelou "calvície frontal".

* Um curativo estava presente na ponta do nariz de Jackson.

* Um vidro fechado de urina foi encontrado sobre uma cadeira no quarto em que o cantor morreu, ao lado de uma caixa contendo cateteres, agulhas descartáveis, pedaços de algodão embebidos em álcool, várias garrafas vazias de suco de laranja, um colar de madeira e um tanque de oxigênio verde.

* No dia 6 de agosto, um mês antes de seu sepultamento, a polícia foi ao necrotério onde o corpo de Jackson estava sendo mantido para coletar amostras de cabelo para a realização de exames toxicológicos. O féretro foi descrito como sendo amarelo com revestimento interno azul, e o corpo de Jackson estaria usando uma peruca longa e escura. "A retirada da peruca revelou cabelos naturais curtos, escuros e naturalmente cacheados medindo aproximadamente uma polegada e meia de comprimento" (3,8 centímetros).

* O corpo de Jackson estava recoberto de pequenas cicatrizes no nariz, joelho, ombro, pescoço, pulsos e atrás das duas orelhas.

* Ele tinha tatuagens escuras perto das duas sobrancelhas e uma pequena tatuagem cor-de-rosa perto dos lábios.

* Seu corpo pesava 62 quilos, tinha 175 centímetros de altura e foi descrito como "magro".

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Último Show de Michael Jackson após 70 dias de sua morte




A mãe do cantor, Katherine, solicitou que o fundo fiduciário Michael Jackson Family Truste arcasse com as despesas do sepultamento e a justiça autorizou o pedido. O valor total da cerimônia, porém, não foi divulgado.

"Os custos serão extraordinários, mas Michael Jackson era extraordinário", disse nesta quarta-feira Jeryll Cohen, advogada representante da família do cantor, em uma audiência realizada na Corte Superior de Los Angeles. Segundo ela, uma das razões para o alto preço é o fato de que foram compradas 12 covas, apesar de ainda não ter sido revelado o porquê.

Entre os gastos extravagantes relacionados com o funeral está a fatura de um restaurante de Connecticut, no leste dos Estados Unidos, que fornecerá bolinhos de ricota para a ocasião, informou ontem o site especializado em celebridades TMZ.

Hoje, mais de dois meses após sua morte, Jackson será sepultado em cerimônia privada para família e amigos, entre fortes medidas de segurança, que incluem restrições no tráfego aéreo na região.

Marlon, um dos irmãos de Jackson, declarou que os três filhos do cantor escreveram cartas a seu pai que serão enterradas junto a ele, da mesma forma que uma de suas célebres luvas brancas.

A cerimônia de enterro de Jackson, que morreu no dia 25 de junho em Los Angeles, será apenas para a família e amigos íntimos. Ainda segundo Marlon, a despedida durará 45 minutos e o réquiem ficará a cargo da cantora Aretha Franklin. A grande amiga de Jackson, Diana Ross, confirmou presença.












Cimitério da História



Família e amigos de Michael Jackson participam de cerimônia de sepultamento
Enterro do rei do pop ocorre na noite desta quinta (3).
Elizabeth Taylor e Chris Tucker estão no Forest Lawn.

A família de Michael Jackson - que chegou com uma hora de atraso - e amigos do rei do pop, como Elizabeth Taylor, Macaulay Culkin, o ator Chris Tucker, o Reverendo Al Sharpton e a ex-mulher do astro Lisa Marie Presley, participam da cerimônia de sepultamento do cantor na noite desta quinta (3) no cemitério Forest Lawn, em Glendale.
A polícia escoltou a caravana dos parentes de Jackson até o cemitério, que foi isolado por um grande aparato policial. O espaço aéreo na zona também está fechado. Helicópteros, cães e policiais patrulham uma área de 120 hectares em torno do local.
O corpo do astro será enterrado em uma área de acesso restrito, um mausoléu feito de mármore e concreto reforçado, protegido de curiosos, longe dos holofotes e dos paparazzi.
Marlon, irmão do cantor, disse que os três filhos de Michael Jackson - Prince Michael, 12, Paris, 11, e Blanket, 7 - escreveram uma carta onde se lê: "Papai, nós te amamos, sentimos sua falta". O bilhete será depositado junto ao corpo do rei do pop.
Na última quarta-feira (2), a mãe do cantor recebeu o direito de que o enterro seja pago com o dinheiro da herança deixada pelo astro. A solicitação à Justiça foi feita por Katherine Jackson um dia antes. Em seu testamento, o rei do pop estipulou que sua herança e seus negócios fossem administrados pelo advogado John Branca e o executivo de gravadora John McClain.
A certidão de óbito de Michael Jackson recebeu uma emenda para incluir as circunstâncias de sua morte, declarada como homicídio e especificada como "injeção intravenosa por um outro". O registro lista "intoxicação aguda por propofol" como a causa principal e "efeito benzodiazepínico" como outra contribuição significativa.
Cemitério com história
Michael Jackson vai descansar em paz cercado pela grandiosidade dos monumentos e de lendas de Hollywood, como Clark Gable, Walt Disney e Nat King Cole, além de uma réplica de vidro em tamanho real de ”A Santa Ceia" de Leonardo da Vinci, e de uma reprodução de uma escultura que Michelangelo fez para a tumba do Papa Julius II em Roma.

Fachada do cemitério de Forest Lawn, onde o corpo de Michael Jackson será enterrado. Fundado em 1906 por um grupo de homens de negócio na cidade de Tropico (mais tarde Glendale), o parque onde fica o cemitério de Forest Lawn não tinha floresta nem gramado, apenas lápides tradicionais de granito.

O cenário mudou com a chegada de Hubert Eaton em 1912, que havia perdido uma pequena fortuna em uma mina em Nevada e precisava recuperar seu dinheiro como vendedor. Ele então convenceu as pessoas a comprar lotes antes de morrer, fazendo com que as vendas aumentassem 250 por cento.
Em três anos, ele se tornou gerente-geral e passou a colecionar arte e reproduções, acrescentando mausoléus, árvores, capelas e até uma loja de souvenir.

Hoje, o cemitério tem 300 acres e emprega 150 pessoas. O local foi dividido em seções batizadas de Slumberland, Babyland, Graceland e Inspiration Slope. Durante décadas, o cemitério seguiu a política de abrigar apenas brancos, e não se sabe em que ano isso mudou.

Cerca de 70 mil pessoas já se casaram no parque de Forest Lawn, incluindo Ronald Reagan e Jane Wyman, e especula-se que a procura pelo local tenha aumentado desde que a família de Michael Jackson anunciou seus planos de enterrar ali o corpo do rei do pop. Os profissionais da área, no entanto, dizem que a privacidade dos parentes e amigos do astro está garantida, já que o acesso ao mausoléu é monitorado.

Eterro de Michael Jackson










Fãs do cantor deixaram flores junto à sua estrela no Passeio da Fama
Despesas pagas pelo património do cantor
Funeral de Michael Jackson é hoje, mas longe do olhar do público
03.09.2009 - 15h55 PÚBLICO
Michael Jackson será enterrado hoje numa cerimónia privada, reservada à família e amigos do cantor, morto a 25 de Junho devido a elevados níveis de anestésicos e calmantes encontrados no corpo do Rei da Pop.

Jackson ficará no Grand Masoleum do cemitério Forest Lawn em Glendale, Califórnia, onde se encontram figuras como Clark Gable e Carole Lombard. O funeral terá lugar às 19h00 locais (3h00 em Lisboa).

Diana Ross e Aretha Franklin vão cantar na cerimónia, que será interdita aos jornalistas e câmaras de televisão, afastadas da entrada principal do cemitério. O Mausoléu, geralmente aberto a turistas, foi encerrado ontem para as preparações do funeral e deverá reabrir amanhã.

As autoridades pediram aos fãs do cantor para não se deslocarem ao cemitério, enquanto uma grande operação polícial, equipada de helicópteros e cães, foi mobilizada para garantir a segurança e discrição.

O funeral já tinha sido adiado, porque a família Jackson não tinha chegado a consenso sobre o lugar onde depositar o corpo - ainda que a decisão final coubesse à mãe, Katherine Jackson, de 79 anos, que conseguiu a guarda jurídica dos três filhos de Michael. O artista poderia repousar em sua casa, o rancho de Neverland em Santa Barbara, no norte de Los Angeles.

Mas os vizinhos do artista não aprovaram a possibilidade, assim como alguns membros da família que afirmaram que Jackson não quereria ficar no local onde foi acusado de abusar sexualmente de menores.

O corpo foi levado do Centro Médico Ronald Reagan da Universidade da Califórnia, horas depois da sua morte, e ficou à custódia do Instituto de Medicina Legal de Los Angeles, que realizou a autópsia. Permaneceu numa câmara frigorífica no cemitério de Glendale. Só dali saiu para uma homenagem pública no Staples Centre, a 7 de Julho, onde se fez a despedida dos fãs do cantor.

As despesas do funeral, uma quantia “extraordinária” não revelada, serão pagas pelo património de Michael Jackson, ordenou o juiz Mitchell Beckloff, depois de administradores do legado deixado pelo artista terem garantido que seria possível suportar os custos do serviço fúnebre.

Na passada semana, o relatório do médico legista, que havia confirmado a morte de Jackson como homicídio, foi alterado, acrescentando-se a informação devido a “injecção intravenosa por terceiro”.

As autoridades de Los Angeles ainda não fizeram nenhuma acusação formal. O principal suspeito deverá ser o cardiologista de Jackson, Conrad Murray, investigado por homicídio involuntário.

Na noite de 25 de Junho, Murray administrou a Jackson várias substâncias para controlar as insónias daquele, entre as quais propofol e lorazepam, consideradas as principais drogas responsáveis pela intoxicação que levaria à morte do Rei da Pop.

A mãe do cantor, Katherine, solicitou que o fundo "Michael Jackson Family Truste" arcasse com todas as despesas do funeral. O juiz do caso autorizou, desde que a quantia seja estabelecida pelos gestores da sociedade, John Branca e John McClain.

O enterro de Michael Jackson, que se realiza hoje, dia 3, será pago com dinheiro do artista. A mãe do cantor, Katherine, solicitou que o fundo “Michael Jackson Family Truste” arcasse com todas as despesas do funeral. O juiz do caso autorizou, desde que a quantia seja estabelecida pelos gestores da sociedade, John Branca e John McClain."Os custos serão extraordinários, mas Michael Jackson era extraordinário", disse Jeryll Cohen, advogada que representante da família do artista. Os custos da segurança durante as homenagens fúnebres a Michael Jackson, foram foram pagos pela cidade de Los Angeles


MICHAEL JACKSON SER� ENTERRADO COM LUVA DE CRISTAIS SWAROVISK

A pol�mica sobre o enterro do Rei do Pop continua. O site TMZ, que deu o furo da morte de Michael Jackson, divulgou mais uma novidade exclusiva. O astro dever� ser enterrado usando apenas uma luva, sua marca registrada, o mesmo modelo que ele usaria na turn� 'This is It', que faria em Londres a partir do dia 13.
Dorothy Gaspar, dona da fabricante de luvas, desenhou o modelo especialmente para o Rei do Pop. Ela informou ao site que La Toya Jackson quer que o irm�o seja enterrado com a luva branca, coberta por cristais.

sábado, 29 de agosto de 2009

O Planeta Comemora aniversário de Michael Jackson











51 motivos que fizeram de MJ o "Rei do Pop"


51 motivos que fizeram de MJ o "Rei do Pop"Documento oficial confirma homicídio no caso MJ
Participe: Carolinie Figueiredo é 1ª convidada do Bate-Twitter


Este sábado, 29 de agosto, será um dia para celebrar a vida e obra de Michael Jackson. A morte prematura (e obscura) do "Rei do Pop" ainda está fresca na memória de fãs do mundo todo. E não por acaso, sua morte teve uma repercursão internacional instantânea. Estima-se que cerca de 2 bilhões de pessoas tenham assistido ao seu funeral pela TV. Para completar o enredo, mistérios ainda cercam o óbito do astro, que completaria hoje 51 anos, sendo 46 de carreira.
Como uma forma de tributo, o Famosidades listou 51 motivos que fizeram de Michael Joseph Jackson o maior astro da música pop desde os anos 1980.
Vamos relembrar aqui seus melhores momentos e façanhas, deixando de lado os escândalos e bizarices que marcaram os últimos anos de vida de MJ.
Seriam 51 anos de vida. Então vamos relembrar 51 motivos que fizeram o cantor se transformar em lenda. Confira:
1. Michael começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade
2. Aos 11 anos, se tornou vocalista dos Jackson 5
3. Neste período, a música "Ben" estourou nas paradas de sucesso
4. Em 1971, partiu para um novo e árduo horizonte: a carreira solo
5. "Off the Wall" (1979) foi o primeiro álbum solo lançado por ele em idade adulta. E causou furor entre o público e a mídia especializada, pois misturava black music e disco
6. Já no primeiro disco solo, vendeu mais do que os Jacksons haviam conseguido em 11 anos de carreira
7. "Thriller" (1982) foi o disco mais vendido da história, com mais de 106 milhões de cópias no mundo inteiro
8. O cantor deu fim à discriminação social na indústria fonográfica
9. Foi o artista internacional que mais vendeu no Japão, recebendo por isso, a Legend Award, premiação raramente concebida a alguém
10. Quebrou as barreiras entre negros e brancos, ao fazer rádios de rock tocarem suas músicas
11. Revolucionou a black music ao fundí-la com o rock
12. Tornou-se uma figura dominante na música popular
13. Foi o primeiro cantor afro-americano a receber exibição constante na MTV
14. Criou um estilo totalmente novo de dança, utilizando especialmente os pés
15. Com suas performances no palco e clipes, popularizou uma série de complexos passos
16. Consagrou o "Robot", estilo "mecanizado" de se movimentar
17. O "The Lean" era uma inclinação de 45º do corpo, apoiado pelos pés. E só ele conseguia tal façanha
18. E quem não conhece o "Moonwalk"? Só poderia mesmo ser criado pelo "Rei do Pop"
19. Lançou moda. Seu estilo era algo único. O mais admirável é que Michael era visto trajado daquela forma a todo momento
20. Muito original, surgiu usando meias brancas e luvas de lantejoulas
21. Ao fazer dueto com Paul MacCartney, o resultado foi "Say, Say, Say", sexto hit número um de Michael e o nono do ex-Beatle
22. Foi garoto-propaganda da Pepsi e ganhou milhões de dólares por isso
23. Entrou oito vezes para o livro dos Recordes
24. Conquistou estrela na Calçada da Fama, em Hollywood
25. Realizou muitos trabalhos humanitários
26. Doou fortunas a mais de 39 instituições de caridade
27. A gravação de "We Are The World" foi sua ideia em prol da campanha "USA for Africa". Reuniu mais de 44 celebridades da música e televisão, e toda a renda foi revertida contra a fome na Etiópia
28. Com a turnê "Vitória" quebrou o recorde de maior público, antes detido por Elvis Presley
29. E por falar em Elvis, Michael casou com sua filha, Lisa Marie Presley. O que fez sua popularidade crescer ainda mais
30. Ao lançar "Bad" (1987), foi o primeiro artista que colocou cinco canções de um mesmo álbum em primeiro lugar
31. Na turnê "Bad World Tour" passou por 15 países e atraiu 4,4 milhões de pessoas aos estádios, número que só foi superado por ele mesmo, em 1992 e 1997
32. Influenciou artistas do hip hop em vários aspectos
33. E até hoje inspira novos artistas do pop
34. Peter Pan: era assim que Michael se definia. Aliás, a inocência foi marca de sua vida pessoal. Ao dar entrevistas, se comportava feito uma criança
35. Durante 17 anos, morou no rancho Neverland para ter um pouco de privacidade. Mas, que pelo contrário, chamou ainda mais atenção da imprensa
36. Manteve desde criança uma grande amizade com Diana Ross, que também o apoiou em sua carreira
37. Fez nove videografias
38. "Black or White" foi o clipe de maior audiência em sua estreia. E mostrou na televisão uma das primeiras metamorfoses geradas em computador
39. Narrou a história do filme "E.T., O Extraterrestre"
40. Foi um dos poucos artistas a entrarem duas vezes ao Rock And Roll Hall of Fame
41. 41 de suas canções chegaram ao topo das paradas de sucesso
42. E outros seis Grammys com os Jacksons 5
43. Faturou 19 Grammys durante a carreira solo
44. Vendeu mais de 750 milhões de cópias no total
45. Fez 13 coletâneas, semi-coletâneas e edições especiais
46. Em 30 anos de carreira, lançou 12 álbuns
47. Possui a estatueta do Oscar do filme "E o Vento Levou"
48. Segundo a revista "Rolling Stone", Michael Jackson faturou durante sua carreira US$ 7 bilhões, algo em torno de R$ 12 bilhões
49. No dia 13 de junho de 1983, a música "State of Shock" foi tocada sem parar por 24 horas (288 vezes) numa rádio da Califórnia, KIQQ FM.
50. O Twitter ficou fora do ar por 10 minutos após a notícia sobre a internação e morte de Michael Jackson. A página caiu em razão da quantidade de mensagens enviadas por seus usuários
51. E, antes de morrer, Michael se preparava para a "This Is It", uma grande turnê de 50 shows que seria realizada em Londres